Metrô de Bucareste

Bucareste, capital de Romênia, é a sexta cidade para populosa da Europa. Segundo o último senso publicado pelas autoridades locais, possui 2.4 milhões de habitantes.


Durante muito tempo, foi considerada como a Little Paris pela elegância e modernidade de seus edifícios, apesar de se veria fortemente afetada após a primeira e segunda guerra mundial.

Não obstante, a cidade tem passado por um forte crescimento econômico na última década, motivo pelo qual os governantes da cidade se viram obrigados a apostar em algumas infraestruturas, dentre as quais se destaca o metrô.

O Metrô de Bucareste foi inaugurado finalizando a década de 70, mais especificamente, no dia 16 de novembro de 1979, e os primeiros esboços de sua construção são da década de 30.

Contudo, dado o início da segunda guerra, os planos caíram por terra. Não foi até 1970, época marcada por um colapso no transporte público na cidade, que as autoridades locais decidiram realizar um estudo acerca de um sistema de transporte subterrâneo.


Passados cinco anos, em 1975, os responsáveis por analisar a questão concluíram que a construção de um metrô seria a alternativa mais viável a médio e longo prazo, dando início aos trabalhos de construção.

Em 1979, foi inaugurado o Metrô de Bucareste que, depois de 39 anos, conta atualmente com 53 estações, 4 linhas e 71.5km de extensão. Além disso, existem projetos para dar prosseguimento à ampliação do sistema, com uma rota já em construção e outra em planejamento, que juntas somariam 30km mais à rede.

Linhas

O Metrô de Bucareste possui 4 linhas comerciais, uma em construção e uma em fase de planejamento. Conta com um total de 71.5km de extensão, conectando a cidade entre seus quatro pontos cardiais e transportando mais de 470 mil passageiros diariamente.

Há estações do metrô presente nos principais bairros da capital romena, que os une com a zona central da cidade, o que faz do metrô seja um sistema fundamental para o bom funcionamento de Bucareste.

Linha 1

A linha 1 do Metrô de Bucareste é a mais antiga do sistema, tendo sido inaugurada em 1979. Possui 31km de vias, distribuídos entre 22 estações, as quais estão repartidas sobretudo nos bairros Dristor e Pantelimon, que compreendem o centro da cidade, bem como uma parte da zona leste.

É fácil identificar esta linha nos mapas do metrô, já que esta é representada pela cor amarela e o acrônimo M1. Além disso, está conectada com todas as demais rotas do metrô.

Linha 2

A linha 2 do metrô possui 18.7km de vias férreas, unindo o distrito Pipera com a zona industrial IMGB, passando por várias vizinhanças em seu percurso. Foi edificada para conectar a zona norte com a zona sul da cidade no ano de 1986, simultaneamente prestando serviços ao centro de Bucareste.

Trata-se da rota com maior número de usuários anuais devido aos bairros no qual transita. Esta linha pode ser identificada nos mapas do metrô pela cor azul escuro e a sigla M2.

Linha 3

Construída em duas partes, a primeira terminada em 1983 e a segunda em 2008, a linha três do Metrô de Bucareste se extende ao longo de 22.2km de extensão, unindo a cidade no sentido Leste-Oeste, entre os distritos Glina e Militari respectivamente.

Caracteriza-se pela cor vermelha nos mapas do metrô e pela sigla M3 e atende a mais de 24 milhões de passageiros cada ano.

Linha 4

A quarta linha do Metrô de Bucareste é a menor de todas, com apenas 7.64km de extensão e 8 estações. Foi inaugurada e 2000, o que a torna a linha mais recente – se não tomamos em conta a segunda etapa da linha 3, que foi inaugurada em 2008 – e também a menos transitada, trasladando um pouco mais de 6 milhões de passageiros cada ano. Conecta os bairros do setor 1 ao noroeste da cidade com o centro.

Nos mapas das estações é fácil encontrar a linha, basta procurar pela cor verde e a sigla M4.

Linha 5 (Próxima apertura en 2018)

Prevista para 2018, esta rota contará com 22 estações e 16.2km de extensão, sendo identificada nos mapas do metrô pela cor laranja e a sigla M5. Prestará serviço no distrito de Drumul Taberei, e nas adjacências de Cotroceni.

Conexões

O Metrô de Bucareste está sumamente conectado entre si bem como com linhas de ônibus que operam em toda a cidade. A seguir, mostraremos as conexões disponíveis para os usuários do metrô.

Linha 1

  • Estação Piața Victoriei: Nesta estação, situada na praça Victoriei, os passageiros têm acesso à linha 2 (M2), bem como com as linhas de ônibus de números: 24, 42, 45, 46, 205, 300, 381 e 783.
  • Estação Gara de Nord: Localizada na estação ferroviária de București Nord, conecta-se com a linha 4 (M4) e com as linhas de ônibus números: 42, 44, 45, 46, 62, 65, 79, 85, 86, 93, 96, 105, 123, 133, 178, 182, 205, 282, 696 e 780.
  • Estação Basarab: Encontra-se próximo ao setor Calea Griviței, e faz conexão com a linha 4 (M4) e com as linhas de ônibus números: 1, 35, 44, 65, 86, 105, 123, 133, 162, 178, 282, 696 e 780.
  • Estação Piața Unirii: Localiza-se na praça Unirii, e conecta-se com as linhas 2 (M2) e 3 (M3) do metrô e com as linhas de ônibus números: 7, 27, 32, 47, 73, 74,76, 104, 116, 117, 123, 124, 232, 312, 313, 385 e 783.

As estações Eroilor, Izvor, Timpuri Noi, Mihai Bravu e Nicolae Grigorescu, da linha 1 também fazem conexão com os trens da linha 3 (M3).

Linha 2

  • Estação Piața Victoriei: Nesta estação, localizada na praça Victoriei, os passageiros podem utilizar a linha 1 (M1), ao mesmo tempo que também podem fazer conexões com as linhas de ônibus números: 24, 42, 45, 46, 205, 300, 381 e 783.
  • Estação Piața Unirii: Nesta estação, localizada na praça Unirii, os passageiros têm acesso às linhas 1 (M1) e 3 (M3) do metrô e com as linhas de ônibus números: 7, 27, 32, 47, 73, 74,76, 104, 116, 117, 123, 124, 232, 312, 313, 385 e 783.

Linha 3

  • Estação Piața Unirii: Esta estação se encontra localizada na praça Unirii, e nela os passageiros podem fazer conexão com os trens das linhas 1 (M1) e 2 (M2) do metrô e com as linhas de ônibus números: 7, 27, 32, 47, 73, 74,76, 104, 116, 117, 123, 124, 232, 312, 313, 385 e 783.

Nas estações Eroilor, Izvor, Timpuri Noi, Mihai Bravu e Nicolae Grigorescu também passam trens da linha 1 (M1).

Linha 4

  • Estação Basarab: Situada na área de Calea Griviței, esta estação possui conexão direta com os trens da linha 1 (M1) do Metrô de Bucareste e com as linhas de ônibus números: 1, 35, 44, 65, 86, 105, 123, 133, 162, 178, 282, 696 e 780.
  • Estação Gara de Nord: Esta estação fica logo abaixo da estação ferroviária București Nord, e faz conexão com os trens da linha 1 (M1) e com as linhas de ônibus números: 42, 44, 45, 46, 62, 65, 79, 85, 86, 93, 96, 105, 123, 133, 178, 182, 205, 282, 696 e 780.

Tarifas

O Metro de Bucareste opera mediante bilhetes emitidos por máquinas expedidoras, mas que também são vendidos nas bilheterias distribuídas pelas estações. Os passageiros dispõem de uma grande variedade de alternativas, e podem escolher segundo suas necessidades. A seguir, mostraremos as opções disponíveis para utilização do Metrô de Bucareste.

  • One Trip Card: É o bilhete mais básico do metrô e serve para apenas uma viagem, custando 2,5 leus (0,64 USD).
  • 2 Trips: A segunda opção permite duas viagens e custa 5,00 leus (1,27 USD).
  • 10 Trips: Esta alternativa é ideal para quem não utiliza o metrô tão frequentemente mas gosta de sempre ter um bilhete à mão. Com esta opção você dispõe de 10 viagens pelo valor de 20,00 leus (5,09 USD).
  • Daily Pass: Se você for utilizar bastante o metrô durante um dia inteiro, sem dúvida essa é a melhor opção. Por 8,00 leus (2,04 USD), você pode utilizar o Metrô de Bucareste ilimitadamente durante todo um dia. A única restrição é que deve haver um espaço de 15 minutos entre cada viagem.
  • Weekly Pass: Este bilhete oferece aos usuários 7 dias contínuos de viagens ilimitadas no Metrô de Bucareste por apenas 25,00 leus (6,36 USD) semanais. É uma opção ideal para usuários frequentes do metrô.
  • Monthly Pass: Caso seja um usuário frequente do Metrô de Bucareste, esta sem dúvida é a sua melhor opção. Com ela, pagando apenas 70,00 leus (17,81 USD), você poderá utilizar o metrô ilimitadamente por 30 dias.
  • Monthly Pass (Pupils/Students): Este passe é exclusivo para estudantes que utilizam o metrô com frequência. Essa opção oferta viagens ilimitadas durante um mês por apenas 35,00 leus (8,90 USD).
  • Yearly Card: Este é o passe mais caro, já que permite viagens ilimitadas no Metrô de Bucareste durante um ano e custa 720,00 leus (183,16 USD).
  • Group Card: Essa alternativa é ideal para quem viagens em grupo, já que permite que 3, 4 ou 5 pessoas utilizem o metrô por um preço mais baixo. 3 pessoas por 5,00 leus (1,27 USD), 4 pessoas por 6,50 leus (1,65 USD) e 5 pessoas por 8,00 leus (2,04 USD).

Horários

Os horários de funcionamento do Metrô de Bucareste são os mesmos durante toda a semana, de segunda a domingo, abrindo a partir das 05:00 até as 23:00.

A frequência dos trens varia em função da hora e da rota, oscilando entre 3 e 12 minutos.

  • Linha 1: 3–5 minutos horário de pico / 6–8 minutos horários normais.
  • Linha 2: 3–5 minutos horário de pico / 8–10 minutos horários normais.
  • Linha 3: 3–5 minutos horário de pico / 8–10 minutos horários normais.
  • Linha 4: 4–7 minutos horário de pico / 10–12 minutos horários normais.

Regras

Como todos os sistemas de metrôs ao redor do mundo, o Metrô de Bucareste possui uma série de normas que devem, obrigatoriamente, ser seguidas por seus usuários. A seguir, detalhamos algumas das exigências e proibições.

Map of the Bucharest Metro
  • Os usuários devem manter seus bilhetes à mão durante toda a viagem, para caso necessário, ser verificado por qualquer autoridade do sistema. Caso contrário, você pode ser multado.
  • Com o fim de agilizar o trânsito dos passageiros nas instalações do metrô, é sugerido que os passageiros se desloquem pelo seu lado direito, permitindo que outros com mais pressa possam se adiantar.
  • Tenha cuidado ao utilizar as escadas rolantes e elevadores das estações, para assim evitar qualquer acidente.
  • É completamente proibido que os usuários adentrem as estações e trens em patins ou patinetes.
  • Não se permite trasladar aves ou animais de grande porte no metrô. Apenas são permitidos animais pequenos, transportados em caixas apropriadas para tal.
  • De segunda e sexta, só é permitido trasladar bicicletas na rede de metrô das 20:00 às 23:00. Não obstante, nos fins de semana e feriados, você pode transportar sua bicicleta durante todo o dia. Quando o fizer, mantenha-se sempre no primeiro vagão do trem.
  • Não é permitido o traslado de objetos potencialmente perigosos ou inflamáveis no Metrô de Bucareste. Igualmente, notifique as autoridades do metrô acerca de qualquer pacote abandonado nas estações que pareça suspeitoso.
  • Passageiros portando carrinhos de bebês ou com familiares em cadeira de rodas devem manter-se no primeiro vagão dos trens.
  • Não cruze a linha de segurança marcada na plataforma enquanto espera o trem.
  • Uma vez que o trem pare, pressione o botão das portas para estas se abram.
  • Os passageiros que desembarcam têm prioridade, por isso, espere que todos desçam antes de abordar o trem.
  • Não se pode entrar ou sair dos trens depois da ativação do fechamento de portas.
  • É proibido bloquear o fechamento das portas.
  • Não se apoie nas portas dos vagões quando o trem estiver em movimento.
  • Por segurança, mantenha sempre seus pertences (bolsas, carteiras e maletas) à mão durante a viagem.
  • Evite para nas passarelas disponibilizadas para pessoas com deficiência.
  • Se o trem para em meio a um túnel, fique calmo, acate as instruções do condutor e espere o trem voltar a andar.
  • Só utilize os dispositivos de emergência quando realmente necessário. Caso contrário, você poderá receber uma multa por parte das autoridades.

Conexão com o aeroporto

O Metrô de Bucareste não possui conexão direta com o Aeroporto Internacional de Bucareste-Henri Coandă, ou seja, nenhuma de suas estações vai diretamente até o terminal aéreo. No entanto, é possível pegar um ônibus em uma das estações do metrô que vai direto ao aeroporto. Para isso, siga as seguintes instruções.

Primeiro, você deverá pegar a linha 1 (M1) do metrô em direção à estação Piața Victoriei ou à estação Gara de Nord – em ambas você encontrará linhas de ônibus com destino ao aeroporto–. Uma vez no lugar, você terá que esperar um ônibus da linha 783 no caso da primeira opção ou da linha 780 no caso da segunda, os quais circulam com muita frequência nas estações mencionadas. Após pegar o veículo que te corresponde, aproveite a viagem enquanto chega ao Aeroporto Internacional de Bucareste-Henri Coandă, trajeto que normalmente dura menos de 1 hora.

Caso seu objetivo seja ir para a cidade saindo do aeroporto, os passos não são muito diferentes. Fora do terminal aéreo você encontra várias paradas de ônibus, em algumas das quais passam ônibus das linhas 783 ou 780 que te deixam nas estações Piața Victoriei ou Gara de Nord ou você pode simplesmente continuar até outro ponto da cidade. De toda forma, nos arredores do aeroporto você pode encontrar taxias e empresas de aluguel de carros, que são normalmente mais seguras, apesar de também serem mais caras.

Futuras Ampliações

A linha número 5 do Metrô de Bucareste será a próxima a ser inaugurada. Se tudo ocorrer como planejado, sua abertura oficial será em 2018. Será identificada pela cor laranja e sigla M5 nos mapas, e atenderá a área de Cartierul Ghencea e Gării Cățelu com 22 estações distribuídas ao longo de 16.2km.

A linha 6 também é outro projeto que está em fase de planejamento. Será identificada pela cor lilás e pela sigla M6 nos mapas do metrô. Esta linha atenderá os residentes da zona Gara de Nord e conectará o centro de Bucareste com o Aeroporto Internacional de Bucarest-Henri Coandă, como parte de um programa que facilitará o acesso aos turistas. Estima-se que sua inauguração será em 2022 e possuirá 14.2km, divididos entre 12 estações.

Pontos Turísticos

Na estação Izvor, onde passam trens das linhas 1 (M1) e 3 (M3), você poderá encontrar o amplamente conhecido Palace of Parliament, uma joia arquitetônica, sede do poder legislativo, inaugurada em 1997 pela arquiteta Anca Petrescu. Apesar das visitas estarem restritas a determinados horários e seja necessário se identificar antes de entrar, esta é uma parada obrigatória durante uma visita a Bucareste. É um monumento imponente com 80 metros de altura, contrastados com outros 92 subterrâneos, sem mencionar os belos espaços que o rodeiam, dos quais se pode tirar excelentes fotos e postais.

Outra parada obrigatória em Bucareste é o Ateneu Romeno, um importante edifício da cidade, onde são realizados shows espetaculares e apresentações filarmônicas inesquecíveis. Fica localizado a algumas quadras da estação Piaţa Romană, da linha 2 (M2). É datado a partir do ano de 1888, apesar de ter passado por reformas em 1992. Ao seu redor, há lindos jardins floridos, ideais para relaxar, ler um livro ou tirar fotos. Por dentro, os tetos, paredes e pisos são um escândalo, rodeando os visitantes com o luxo mais exclusivo do século XIX. Sem dúvida é um lugar que vale a pena ser visitado.

Mapa do metro de Bucareste

Mapa do metro de Bucareste Alta resolução
Ver mapa em tamanho maior. Às vezes, pode levar algum tempo para carregar..

Mapa do metro de Bucareste

  • Passageiros/dia 800000
  • Taxas: 0.40 EUR (2009), RFID cards, http://www.metrorex.ro/tarife_p60-1
  • Operação 24 horas: No
  • Ar condicionado: No
  • Têm de andar entre os trens: No
  • Trens sem condutor: No
  • Screen Doors-Platformn: No
  • Operador: Metrorex
  • 6 Lei
  • Bucareste Metrô Site Oficial
  • Tlf: +40 21 319 3601

Ajude-nos!

Se você acha que a informação que nós publicamos está errada, pouco precisa, ultrapassada, ou se alguma tradução está incorreta, e quer nos ajudar a melhorar as informações... entre em contato conosco aqui: .

Sinta-se a vontade também para entrar em contato conosco caso você não encontre o sistema que está buscando, e nós o incluiremos o quanto antes possível!

Muito obrigado!